Trabalhar com criação é geralmente um processo delicioso, que envolve captação e organização de referências pessoais e aprimoramento de ideias. No entanto, nem sempre as mentes artísticas param para descansar e se organizar, e acabam vivendo no meio de uma constante turbulência que pode transformar um momento de prazeroso de trabalho em um dos piores pesadelos - a ponto de chegarem a duvidar da sua própria capacidade artística. O tão conhecido "BRANCO"; a "PANE"; a trava total de ideias; já geraram ansiedade, frustração e pânico em muitos dos melhores artistas da história.



Essa "parada" forçada, no entanto, nada mais é do que um pedido da alma e do corpo para um descanso. Situações como essas chegam a ser muito naturais, ainda mais com o excesso de informações que atualmente temos acesso, fazendo que além do estresse normal por uma produtividade, exista o adicional de uma "cobrança" social, agora, presente 24 horas por dia nas redes sociais. Nossos hábitos e comportamentos mais genuínos são tão pouco estimulados durante a correria frenética do dia a dia moderno, que chegamos a esquecer o que nos dá prazer de verdade. Mesmo assim, nada disso é motivo de desânimo, pois existem ferramentas que podem transformar qualquer página branca em um livro recheado de ideias maravilhosas.

Então, aqui vão alguns exercícios super eficientes pra você que quer resgatar sua essência criativa, e não sabe por onde começar:


1. PARE, OBSERVE e treine a ATENÇÃO PLENA


PARAR; desligar; dar uma pausa; neste momento, é bem diferente de meditar. Tem mais a ver com ATENÇÃO, e GRATIDÃO. É contemplar, é curtir o momento; é o dolce far niente (que na tradução fiel significa "a doçura de fazer nada") que os italianos tanto sabem vivenciar. Este "fazer nada", na verdade significa apenas uma pausa mental na sua rotina de pensamentos do dia a dia. É o Carpe Diem - o "aproveitar o dia, o presente, o momento".


Para começar a sua experiência se coloque no papel daquela criança curiosa que um dia você já foi, e a chame pra brincar. Imagine o que ela gostaria de fazer. Esse momento mágico, pode acontecer de qualquer forma e em qualquer lugar, desde que você de um "susto"no seu cérebro e mude algum hábito rotineiro. Por exemplo: aquela caminhada que você está acostumado a fazer, ouvindo sua playlist preferida, MUDE, vá sem o celular, sem música, e fique atento ao som dos passos, das folhas caindo, do vento no seu rosto; nos batimentos do seu coração. Preste atenção às expressões nos rostos e cores das roupas das pessoas; às composições de texturas na natureza; aos detalhes das casas e estruturas urbanas. O que vai mudar, na verdade, é o seu olhar interno, a sua percepção. Reaprenda a contemplar e apreciar O TEMPO.


Agora, este exercício, não fará nenhum sentido se for realizado com pressa ou com um objetivo de conseguir algo específico. É um exercício de libertação de padrões mentais, repetidos até inconscientemente pela rotina. O lado direito do cérebro, responsável pela criatividade, é acessado mais facilmente em um estado semiconsciente, quando saímos dos padrões habituais e rotineiros. Em pouco tempo, você vai receber vários insights e vai voltar a criar e sentir sua alma preenchida novamente.


Se depois de observar e contemplar a vida à sua volta, ainda assim, estiver tendo dificuldade de se conectar com sua criatividade, siga para o exercício seguinte.



2. RISQUE E RABISQUE


Se a sua área de criação for relacionada à imagens, você pode começar pelo giz de cera. Escolha algumas cores e papeis variados, como sulfite e vegetal e brinque com as texturas das paredes, folhas e objetos colocando o papel em cima da área escolhida e passando o giz para fazer surgir assim uma gama variada de texturas super inspiradoras. Dessas texturas, tente visualizar o contorno de um objeto ou de uma pessoa. Com o tempo vai perceber que seu olhar já mudou e estará bem mais afinadinho. E mais, você vai se surpreender com o número de imagens que surgirão a partir de traços tão incomuns.


Então, a dica master para não perder nenhum insight é manter aquele caderninho básico com você, na bolsa, na mochila ou até no carro - e lógico, uma caneta pelo menos.


Outro exercício bem legal tem a ver com treinar o olhar. Taí uma ótima terapia que fazem as demoradas filas de espera se transformarem em parques de diversão para os criativos. Quando eu falo em treinar o olhar, estou falando do seguinte: olhe em torno e escolha alguma cena, pessoa ou objeto para desenhar, sem se preocupar com o resultado final. Por exemplo: se você estiver sentado em uma fila do banco, e escolher a pessoa sentada à sua frente, fixe-se na forma da imagem escolhida - a distância entre um traço e outro, as proporções, as sombras... Pode acreditar, o tempo passa sem você perceber e seu cérebro entende que você está se aquecendo para a grande obra. E pra quem quiser se aventurar ainda mais neste mundo inebriante do desenho, indico o livro "Desenhando com o lado direito do cérebro", de Betty Edwards. Lá você encontrará exercícios surpreendentes que facilitarão muito a arte de passar ideias para o papel.



Se seu lado criativo cai mais para a literatura, o exercício será com palavras surpresas. Escolha revistas, jornais e livros e abra em algumas páginas aleatoriamente. Faça uma lista de palavras curiosas e variadas, sem pensar em um tema específico. A partir das palavras que escolheu, pesquise na internet novas palavras relacionadas, sinônimos e antônimos. Depois, volte às revistas e jornais escolhidos e leia, apenas trechos, de notícias e histórias reais. Naturalmente seu cérebro vai começar a relacionar nomes, lugares, ações e situações que podem virar histórias super interessantes.


3. FOTOGRAFE


Agora não tem mais desculpas! Todos nós temos uma câmera nas mãos praticamente 24 horas por dia. Então aprenda a usa-la na totalidade da sua função e saia fotografando TUDO que lhe parecer interessante, bonito, divertido ou simplesmente curioso. Não é para sair copiando a idéia dos outros descaradamente, mas como "nada se cria, tudo se transforma", de uma imagem ou uma ideia, podem surgir tantas outras antes inimagináveis até que se tornem REAIS, simplesmente pelo fato de você ter adicionado A SUA BAGAGEM PESSOAL, a SUA ESSÊNCIA. Então pense: como você faria igual, mas diferente?



4. MEDITE


Se acomodem uma cadeira da forma que for mais conveniente e confortável para você e respire fundo algumas vezes. Diferente do exercício 1 - de atenção plena - agora a intenção é NÃO PRESTAR ATENÇÃO NO QUE ESTÁ EM TORNO. Se não estiver acostumadx à meditar e tiver dificuldade de se desligar do mundo à sua volta, você poderá utilizar um guia mental, como meditações guiadas e músicas leves que existem em pencas no Youtube. Se ainda tiver alguma dificuldade, prenda-se em alguma situação passada que te deu muito prazer e felicidade. E concentre-se nos detalhes da cena escolhida. Sinta o cheiro, o tato, a temperatura, as expressões, os sons... Mas preste atenção, eu disse SITUAÇÕES QUE TRAZEM PRAZER E FELICIDADE! Aqui a emoção é o gatilho, e a emoção de felicidade e a mais inspiradora para o cérebro - é como se ele quisesse continuar se divertindo e assim, acabe criando nossas ideias para manter viva essa sensação. Muitas vezes, só desligando a mente do mundo real, conseguimos enxergar as ideias que já estavam na nossa cabeça e nem conseguíamos encontra-las.



5. BRAINSTORM



Se você trabalha em grupo, ou pelo menos, tiver alguns amigos para juntar naquele happy hour descontraído, esse será o exercício mais divertido. A partir de um tema sugerido, cada um solta uma idéia ou apenas uma palavra. Deixe a mente solta e liberte qualquer preconceito, limite, crítica e julgamento. Esse na verdade é um exercício PARA A VIDA! Se dispor a OUVIR posições e interpretações diferentes é uma das melhores formas de evoluir, aprendendo e aceitando os diferentes pontos de vista e opiniões. Muitas vezes, é preciso perder o controle, para que sua essência se sinta liberta o suficiente para se expressar.

Então, percebeu que pra bombar sua criatividade é só achar uma brechinha pra marcar aquele encontro, que você vive adiando, com a SUA ALMA? Permita-se ousar, sem preconceitos, rótulos ou restrições e divirta-se!


5-4-3-2-1 - SE JOGA!


Links super interessantes:

BrainWaves Center - www.brainwaves.com

Website Tips: Criatividade e Inspiração - www.websitetips.com/design/creativity.shtml

Desenhar com o Lado Direito do Cérebro - www.drawright.com

Funderstanding: Cérebro direito versus Cérebro Esquerdo - www.funderstanding.com/right_left_brain.cfm

#criatividade #ideias #criação #deubranco

  • YouTube - Casa Moo
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Pinterest - White Circle

 Whatsapp: (19) 9.8218-0909

oi.casamoo@gmail.com

VISITAS APENAS COM AGENDAMENTO - Holambra - SP

  

© 2016 DESIGNED by DANUSA MOOJEN